Bolsonaro defende liberdade religiosa ,Após sugerir ministro evangélico.


Presidente usou as redes sociais para dizer que "juntos, com fé, muito trabalho e oração" vai colocar o país em lugar de destaque

Um dia após participar da Convenção Nacional das Assembleias de Deus, em Goiânia, nessa sexta-feira (31/05/2019), e questionar se já não está na hora de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter um ministro declaradamente evangélico, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) usou as redes sociais para defender a liberdade religiosa.

“O Brasil de todas as religiões sabe que a liberdade é o bem maior de um povo”, comentou em conta oficial do Twitter. Em seguida, o presidente voltou a citar Israel. “Brasileiro, olhe o que Israel não tem e o que eles são. Veja o que nós no Brasil temos, e o que não somos. Juntos, com fé, muito trabalho e oração, colocaremos nossa pátria no local de destaque que merece”, completou.

Fonte:Metrópoles

#JairBolsonaro #SupremoTribunalFederal #AssembleiasdeDeus #Goiânia

0 visualização
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.