Aeródromo recuperado pelo Governo de Goiás serve como base de missão federal para ajudar indígenas

Unidade localizada em Aragarças foi entregue há pouco mais de 30 dias e já contabiliza mais de cem pousos realizados se tornando importante ponto de combate à pandemia do novo coronavírus. Outros 12 aeroportos estaduais também já foram devolvidos à população


Totalmente recuperado e reaberto no último mês pelo Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), o Aeródromo de Aragarças, que fica na divisa com Mato Grosso (MT), se tornou importante ponto de combate à pandemia do novo coronavírus. O local foi cuidadosamente escolhido pelos Ministérios da Defesa e da Saúde como base de apoio para militares e civis que fazem parte da Missão Xavante, cujo objetivo é levar assistência médica e insumos para a população indígena.


A primeira etapa da ação termina no próximo domingo (02/07), com o encargo de atender, inicialmente, 9 mil índios da etnia Xavante que vivem em Barra do Garças (MT). Entre os profissionais que integram a missão estão médicos clínicos gerais, ginecologistas obstetras, infectologistas, pediatras, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Foram transportadas, ao todo, três toneladas de insumos de saúde, como medicamentos, equipamentos de proteção individual (EPIs) e testes para a Covid-19.


Do aeródromo partem todos os dias, desde a última segunda-feira (27/07) e, graças ao apoio de dois helicópteros do Exército Brasileiro, as equipes que auxiliam as aldeias indígenas. Como é extensa a área de abrangência populacional e territorial, a missão contará com mais duas fases, previstas para serem realizadas entre 3 e 9 de agosto; e 10 e 16 de agosto.




Do descaso às atividades

Quando o governador Ronaldo Caiado assumiu o Palácio Pedro Ludovico, em janeiro de 2019, esta estrutura área em Aragarças estava desativada porque a última gestão estadual não conseguiu aprovar, junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o Plano Básico de Proteção e Ruído. A pendência foi sanada não somente na região, como também em outros 12 aeroportos do Estado, localizados nos seguintes municípios: Aruanã, Campos Belos, Ceres, Mozarlândia, Niquelândia, Palmeiras de Goiás, Pirenópolis, Porangatu, Posse, Quirinópolis, São Miguel do Araguaia e Uruaçu.


O aeródromo de Aragarças, que inclusive tem registros históricos por ter “sediado” um sequestro de avião em 1959, voltou a operar no último dia 23 de junho e já contabilizou, somente no primeiro mês, um total de 121 pousos. “Colocar os aeródromos goianos em funcionamento é um compromisso do atual Governo de Goiás”, afirma o presidente da Goinfra, Pedro Sales, ao revelar que outras unidades, em breve, também serão homologadas.


Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás


Leia também : Governador Caiado determina o repasse de R$ 10,5 milhões para o Transporte Escolar de 58 mil alunos




7 visualizações
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon
leão icone.png

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.