Após a determinação de Lewandowski exames de Bolsonaro são divulgados

As decisões da Justiça se baseiam em um pedido do jornal Estado de São Paulo, que solicitou os exames por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI). No entanto, o presidente havia se negado a entregar.


Após a determinação do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), os resultados dos exames que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez para saber se foi contaminado ou não pelo coronavírus, foram divulgados. Segundo o documento, os três testes deram negativo para a doença. O militar da reserva usou codinomes: Rafael e Airton.


Primeiro exame feito por Jair Bolsonaro, em 12 de março



Segundo exame feito por Jair Bolsonaro, em 17 de março



Terceiro exame feito por Jair Bolsonaro, em 19 de março


Por Marcos Alexandre com informações da CNN





0 visualização
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.