Bolsonaro visita obra de hospital com Mandetta.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), visitaram as obras do hospital de campanha de Águas Lindas de Goiás, em Goiás, na manhã deste sábado (11).



A visita durou pouco mais de meia hora. É a primeira vez que os dois aparecem juntos publicamente desde que a CNN noticiou uma conversa em que o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni (DEM), e o deputado federal Osmar Terra (MDB), discutiam uma possível saída de Mandetta do cargo. Depois deste período turbulento, que quase levou à queda do ministro, Bolsonaro e Mandetta cumpriram agenda juntos para mostrar que existe unidade no governo e que as medidas para controlar os avanços do novo coronavírus estão sendo tomadas. Os dois chegaram juntos ao local em um helicóptero presidencial para se encontrar com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e vistoriar o local. Caiado foi outro que se desentendeu com Bolsonaro nos últimos dias, por não concordar com a postura do presidente de pedir um relaxamento nas regras de distanciamento social. Ao chegar, Bolsonaro, que estava sem máscara de proteção, se aproximou e cumprimentou populares e foi de encontro ao governador do estado para abraçá-lo. Caiado pediu então que o presidente passasse álcool em gel nas mãos antes de aceitar a saudação do chefe do executivo. O presidente e demais integrantes da comitiva deixaram o local sem falar com a imprensa. Mandetta ganhou o cargo no governo Bolsonaro justamente com o apoio de Caiado. Então aliado, o governador de Goiás, que é médico, rompeu com o presidente no mês passado, após o chefe do Executivo minimizar a pandemia, chamada por ele de "gripezinha", e incentivar a população a retomar suas rotinas, contrariando medidas de isolamento adotadas pelos estados.


Com informações da CNN





5 visualizações
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon
leão icone.png

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.