Brasília de olho no Entorno.

Atualizado: 31 de Dez de 2019

Olá pessoal, me chamo Marcos Alexandre, sou jornalista e apresentador do Programa

Imparcial, a partir de hoje também estaremos aqui no seu Gazeta do Estado com a coluna ‘’Backstage’’ (Nos bastidores), estarei levando até você as principais pautas políticas do DF e entorno.





Em nossa primeira coluna, vamos falar sobre o desenhar do cenário político do DF e

Entorno, região que é um dos colégios eleitorais mais importantes do Centro Oeste, que

define as eleições no DF e em Goiás. Conhecida como região dormitória sua população em

sua grande maioria, divide o seu tempo entre as duas regiões.


EM BUSCA DE ALIANÇAS


A menos de um 11 meses das definições partidárias para os próximos representantes

municipais, o calendário eleitoral determina que as convenções das legendas ocorram entre 20 de julho e 5 de agosto de 2020, apesar de ainda não se ter nomes indicados para a disputa, a movimentação política começa a aparecer não só dentro das sedes goianas e mineiras vizinhas ao Distrito Federal, como também no meio de políticos do DF.


LEIA A EDIÇÃO COMPLETA DO GAZETA DO ESTADO

https://gazetadoestado.s3-eu-west-1.amazonaws.com/uploads/arquivos/2019/10/4046.pdf




A eleição de 4 de outubro de 2020 pode não ser no território brasiliense, mais está ligada diretamente aos interesses econômicos e políticos da RIDE ( Região Integrada de

Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno). Essa área engloba 29 municípios goianos, o DF e quatro municípios mineiros. Somente no entorno são mais de 600 mil eleitores em 12 cidades, que dividem com o DF, infraestrutura, transporte, saúde, educação, segurança pública, entre outros.


E é claro que a título nacional, tradicionalmente, os partidos vêem nesta relação uma

oportunidade para alinhar os interesses políticos entre as regiões. Por esse motivo, mesmo faltando pouco mais de um ano para o pleito de outubro de 2020, é hora de sentar e ajustar nomes.





CAMPO DE BATALHA


O entorno se torna então um campo de batalha entre as grande siglas para conseguir

conquistar o máximo de territórios políticos, pois em 2022 será o momento de colher os

resultados das conquistas.


A população, os eleitores em sua grande maioria não tem visto essa história com bons

olhos, pois apesar da região está localizada ao lado do DF, ela em sua grande maioria é

uma região carente e por sua grande distância da capital goiana, ela fica no jogo de

empurra e empurra dos governos, costumo dizer que o entorno é a faixa de gaza do centro oeste, onde todos usam mas ninguém quer assumir a responsabilidade.





UM NOVO HORIZONTE


Algo que parece que está com os dias contados, se depender da parceria entre a RIDE na pessoa do seu presidente Hildo do Candango (PTB), prefeito de Águas Lindas, com o

governador de Goiás Ronaldo Caiado (DEM) e com o governador do DF, IBaneis Rocha

(MDB), que a cada dia em conjunto tem trabalhado para um entorno melhor.


Ficaremos de olho no Backstage, pois é nos bastidores que conhecemos de fato a história.


Por Marcos Alexandre

marcosalexandre.org

0 visualização
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.