Dois casos suspeitos de infecção pelo coronavírus estão sob investigação em Anápolis

Atualizado: Abr 1

Homem de 32 anos e mulher de 37 chegaram do exterior e apresentaram os sintomas da doença. SES confirma 14 casos suspeitos em cinco cidades do estado

Dois casos suspeitos de infecção pelo coronavírus foram identificados em Anápolis, a cerca de 60 km de Goiânia. A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde da cidade. Os dois pacientes são um homem de 32 anos, que veio dos EUA, e uma mulher de 37 anos, que chegou recentemente da Europa.


Ambos deram entrada na rede pública de saúde na sexta-feira (6) e ficaram hospitalizados até esta segunda (9). Eles apresentaram febre e sintomas respiratórios e foram encaminhados para confinamento domiciliar. Amostras já foram coletadas por técnicos do Laboratório de Saúde de Goiás (Lacen).


Coronavírus em Goiás


De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), existem 14 casos suspeitos em investigação em Goiás, embora não haja ainda nenhuma conformação. Além de Anápolis, foram encontrados pacientes suspeitos nos municípios de Goiânia, Goianésia, Silvânia e Vianópolis. A pasta informou ainda que outros 14 casos foram descartados.


Continua depois da Publicidade



A SES informou também que os números sobre a doença são dinâmicos e que podem haver reenquadramentos na classificação. “Na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação”.


Brasil


O número de casos confirmados no país é de 25 pessoas, de acordo com o Ministério da Saúde. Não houveram novos infectados com relação a domingo (8). O ministério afirmou também que os casos suspeitos aumentaram para 930, contra 663 registrados ontem. Já os pacientes com infecção descartada pelas autoridades de saúde ficaram em 685.


Com informações de G1.


0 visualização
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.