Está valendo! Novos valores de passagens do transporte público do DF

O reajuste foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal na última sexta-feira (10/1). Vale-transporte comprado até o decreto terá validade de 30 dias






O acréscimo de 10% nas passagens de todos os percursos de ônibus e metrô entram em vigor a partir desta segunda-feira (13/1). O reajuste foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal na última sexta-feira. Todas as 826 linhas de ônibus, incluindo circulares internas (141), curtas (273) e longas/integração (412), passarão pelo reajuste de preços que variam de R$ 2,75 a R$ 5,50.


O GDF alega que a medida é necessária para equilibrar as contas e manter o sistema em pleno funcionamento. Segundo o secretário de Transporte e Mobilidade, Valter Casimiro, a dívida do GDF com as empresas de ônibus chega a R$ 247 milhões. Somente em 2019, o subsídio chegou a mais de R$ 700 milhões, de acordo com a pasta. Os valores incluem, além da tarifa técnica, a gratuidade (pessoas com deficiência e estudantes). “Infelizmente, o reajuste é colocado no contrato para ser utilizada toda a parte de acréscimo de preços, de pneu a combustível. Isso é contratual e precisa ser incorporado”, diz Casimiro.


O governo garante que não haverá alterações no programa Passe Livre Estudantil e promete implementar melhorias no sistema, como a substituição e a ampliação da frota. Em 2019, de acordo com a secretaria de Transporte e Mobilidade, cerca de 244,4 mil usuários utilizavam o benefício da gratuidade a estudantes.


Continua depois da Publicidade



Protesto


O Movimento Passe Livre (MPL) organiza uma manifestação contra o aumento das tarifas de ônibus na capital federal. O protesto está marcado para esta terça-feira (14/1), às 18h, na Praça do Índio (703/704 Sul). No Facebook, o evento contava com 730 confirmados e mais de 1,5 mil interessados até o fechamento desta edição.


O último reajuste nas passagens de ônibus em Brasília ocorreu em 2017. As tarifas nas linhas internas subiram de R$ 2,25 para R$ 2,50 (nas de ligação curta), de R$ 3 para R$ 3,50 (circulares) e de R$ 4 para R$ 5 nas viagens de longa distância, integração e metrô.

EPTG


Também nesta segunda-feira, começam a circular os 160 novos ônibus, com portas dos dois lados, na faixa exclusiva da Estrada Parque Taguatinga (EPTG). Os passageiros continuarão embarcando nos abrigos do canteiro central, mas devem observar o lado em que os ônibus vão passar. No local, também circularão 11 linhas semiexpressas com veículos com porta apenas do lado direito, uma vez que não desembarcam passageiros ao longo da via.


Com a chegada da nova frota, a faixa reversa na EPTG deixa de existir. Adotada em 18 de março de 2019, a operação permitiu o trânsito dos coletivos na faixa da via inversa, nos horários de pico: das 6h às 9h (sentido Taguatinga-Plano Piloto) e das 17h30 às 19h45 (sentido Plano Piloto-Taguatinga) nos dias úteis.


Valores


• Circular interno: R$ 2,75


• Ligações curtas: R$ 3,85


• Metrô, ligações longas e integração: R$ 5,50


Às informações são do Correio Brasiliense





7 visualizações
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon
leão icone.png

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.