• Taís Moreira

Goiás chega a 651 leitos estaduais exclusivos para atendimento da Covid-19

Em menos de 15 dias, foram criadas 130 vagas de internação. Desse total, 46 são de UTI. “É o Estado trabalhando para salvar vidas e dar qualidade de atendimento”, frisou o governador


Seguindo o planejamento de expansão do atendimento aos pacientes com a Covid-19, o Governo de Goiás chegou, nesta semana, a 651 leitos públicos estaduais exclusivos ao enfrentamento da doença – 223 de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 428 de enfermaria. Só nos últimos 15 dias, o governador Ronaldo Caiado disponibilizou mais 46 vagas de unidades críticas. As 18 mais recentes foram no Hospital de Urgências de Anápolis (Huana), das quais dez já estão em funcionamento e oito entram em operação conforme a demanda; e foram abertas outras 10 dez no Hospital de Campanha (HCamp) de São Luís de Montes Belos.


Neste tempo, ainda foram implantadas vagas nos Hospitais de Campanha (HCamp) de Goiânia e de Luziânia; no Hospital de Doenças Tropicais (HDT), também na Capital; e no Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin). No mesmo período, houve avanço ainda no número de enfermarias, com a criação de mais 84 vagas, totalizando 428 leitos simples dedicados ao tratamento de pacientes infectados pelo coronavírus.

Na próxima semana serão ativadas mais 10 leitos de UTIs no Hospital Estadual de Jaraguá (Heja). É o que anunciou o governador, em vídeo, divulgado na quarta-feira (22/07), pelas redes sociais. “Atuamos fortemente e implantamos não só uma nova gestão no hospital (Jaraguá), como também a implantação de dez leitos de UTI, que vão dar um tratamento diferenciado a todas as pessoas que venham necessitar”, garantiu. A implantação, ressaltou Caiado, só foi possível com a chegada na terça-feira (21/07) de 10 ventiladores pulmonares e 12 monitores para aferição de sinais vitais, entregues ao Governo de Goiás pelo programa “Todos pela Saúde”, iniciativa da Fundação Itaú.

Os novos leitos vão atender os pacientes graves de Jaraguá e região, comprometidos pela Covid-19. “É lógico que estive lá vendo a nova gestão e recebi um pedido especial, para enquadramos o Hospital de Jaraguá dentro dos leitos de UTIs para podermos fazer o melhor atendimento à população. Está aí o atendimento de mais uma solicitação. É o Estado trabalhando para salvar vidas e dar qualidade de atendimento a todos aqueles que moram no interior do Estado de Goiás”, pontuou o governador.

Anápolis e São Luís

Em Anápolis, os 18 novos leitos disponibilizados vão se somar aos 15 que já estavam em funcionamento no Huana. Desta forma, a capacidade da unidade irá mais do que dobrar, passando para 33 vagas de UTIs exclusivas para pacientes com suspeita ou confirmação da Covid-19. Além dessas, a unidade já dispunha de 18 unidades intensivas usadas para tratamento geral, fazendo com que o total de unidade críticas chegue a 51. O Huana possui ainda 81 leitos de enfermaria, sendo 61 convencionais e 20 de isolamento do coronavírus.

Na semana passada, o Governo de Goiás inaugurou o sexto Hospital de Campanha para Enfrentamento ao Coronavírus (HCamp) em São Luís de Montes Belos. A unidade conta com ala exclusiva para Covid-19, formada por 34 leitos – dez de UTIs e 24 de enfermaria. Além disso, o hospital conta 22 leitos para atendimento geral, sendo 16 de enfermaria e seis de semi-intensivo/estabilização.

Secretaria de Comunicação - Governo de Goiás




13 visualizações
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon
leão icone.png

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.