Lula reforça desejo de conquistar evangélicos e diz que tem “jeitão de pastor”

Lula afirmou que seu governo foi o que melhor tratou os evangélicos.






Na última quarta-feira (15), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a sinalizar a vontade de que o Partido dos Trabalhadores (PT) conquiste o eleitorado evangélico, visando as eleições municipais.


Durante entrevista à “TV do Trabalhador”, vinculada ao PT, Lula afirmou em tom de brincadeira que tem “jeitão de pastor”.


Apesar de sofrer com uma forte rejeição do eleitorado evangélico, Lula acredita que pode “resgatar” a simpatia do segmento, conquistando novamente a confiança daqueles que já votaram no PT em eleições anteriores.


Continua depois da Publicidade



“Eu acho que tem um espaço pra discutir religião nesse país muito grande. Eu quero entrar nessa. Eu tenho até um jeitão de ser pastor, tenho um jeitão, tô de cabelo branco… Eu posso ser pastor ou posso ser padre, é só a igreja acabar com o celibato que eu topo”, disse.

Em certa altura da entrevista, Lula afirma que seu governo foi o que melhor tratou os evangélicos, ignorando as ideologias contrárias ao cristianismo defendidas pelo PT.


“Eu quero que você vá perguntar pro seu Edir Macedo, pro seu Crivella quem é que tratou eles melhor, quem é que tratou eles com mais respeito e mais decência”, afirmou.

Com informações do Gospel Prime


0 visualização
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.