Maia diz que ofensas de Bolsonaro à jornalista causam insegurança e instabilidade na republica

O presidente da câmara federal reafirma a sua posição sobre a importância da democracia para a liberdade de imprensa.

As declarações do presidente da república a classe jornalista têm diso cada vez mais longe e gerado muitas desaprovações. Nesta quarta-feira (19/02) o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), lamentou as ofensas do presidente da República, Jair Bolsonaro, à jornalista da Folha de S. Paulo.


Para Maia, os tipos de declarações de Bolsonaro como as últimas dirigidas para jornalista Patrícia Mello geram perplexidade e insegurança na sociedade brasileira. Segundo ele, o desrespeito à liberdade de imprensa sinaliza de forma negativa também para os investidores.


Continua depois da Publicidade



“Não preciso ficar narrando cada vez que um episódio triste, lamentável como esse acontece. Todo mundo sabe minha posição, [sobre] a importância da democracia para a liberdade de imprensa, todo mundo sabe o [meu] respeito às mulheres e aos jornalistas”, criticou Maia.

Nesta terça-feira(18), Bolsonaro fez insinuações de caráter sexual em relação à atuação da jornalista Patrícia Campos Mello em uma reportagem sobre o disparo massivo de mensagens durante a campanha eleitoral.






49 visualizações
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon
leão icone.png

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.