Mais de Quatorze Mil pacientes curados da covid-19 no Brasil, diz Ministério da Saúde

Taxa de recuperação no país: 55% No mundo, porcentagem é de 24%, Mais de 581 mil já se recuperaram

Pelo menos 14.026 pessoas já se recuperaram da doença causada pelo novo coronavírus no Brasil. O número oficial foi divulgado pela 1ª vez na última 3ª feira (14.abr.2020) pelo secretário-executivo da Saúde, João Gabbardo. Um dos pacientes que se recuperaram da doença é Ermando Armelindo Piveta, de 99 anos. O veterano da 2ª Guerra Mundial deixou o Hospital das Forças Armadas de Brasília nesta 3ª feira, sob os aplausos da equipe médica que o tratou durante os 8 dias em que ele esteve internado. Até o fechamento dessa matéria,18/04, 34.485 pessoas haviam sido diagnosticadas com a covid-19 no Brasil, das quais 2.181 não resistiram e morreram.

Continua depois da Publicidade

NO MUNDO O número total de pessoas recuperadas da covid-19 alcançou hoje (18.abr) a marca de 579.690.

A média é inflada pelos dados informados pela China, país com maior percentual de infectados que se recuperaram (93%). O governo do país asiático já reconheceu que há subnotificação de casos e que pacientes que não apresentam sintomas não foram incluídos no cálculo geral de pessoas infectadas. A prática contraria orientação da OMS (Organização Mundial da Saúde). O percentual de pacientes recuperados na China é puxado para cima, o que se reflete também no percentual mundial. Se desconsiderados os pacientes informados pela China, a taxa de recuperação da doença em todo o mundo é de 21% até aqui. Com o país asiático na conta, esse percentual sobe para 24%. A Alemanha possui o maior número geral de enfermos curados (85.400), o que representa 59% de todos os diagnósticos do país. Na sequência de números absolutos, está a China (77.614) e a Espanha (74.797).


Por Marcos Alexandre com informações do Ministério da Saúde e da universidade Johns Hopkins


0 visualização
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.