Mandetta contradiz o presidente Bolsonaro: “Sigam as orientações dos estados”

Atualizado: Abr 1

Um dia após o presidente insistir na reabertura do país, O ministro da saúde dentro do Planalto voltou a defender isolamento social.

Um dia após o giro feito pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, pelo Distrito Federal e da defesa reiterada de que todos voltem ao trabalho, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou, em uma entrevista dentro do Palácio do Planalto, que a orientação da pasta é a mesma que tem sido seguida nos estados: isolamento social para conter o colapso no sistema de saúde perante a pandemia do coronavírus. “A pasta Saúde continua se guiando pelo que é técnico, pelo que é científico”, disse o ministro. “Por enquanto, mantenho as orientações dos estados, porque essas ainda são as mais recomendáveis”, disse Mandetta.


Assista agora a coletiva com o Ministro Mandetta e o Gabinete de Crise


O titular da Saúde sustentou que o novo formato de divulgação dos dados, envolvendo outras pastas do governo em coletiva dentro do Planalto, não mais no ministério, representa um “conceito ampliado de coordenação e controle” das ações, já que o enfrentamento da pandemia, segundo as palavras do ministro, “extrapola muito o tamanho do Ministério da Saúde”.


Por Marcos Alexandre com informações do Metrópoles


72 visualizações
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon
leão icone.png

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.