Monstruosidade! Idoso é preso suspeito de estuprar bebê e a irmã dela, em Abadia de Goiás

Atualizado: Abr 1

Companheiro da avó das vítimas é o suspeito do crime. Na casa do homem, a polícia também encontrou três armas de fogo.


Um idoso de 61 anos foi preso suspeito de estuprar uma bebê de 9 meses e a irmã dela, de 5 anos, em uma zona rural de Abadia de Goiás, na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a Polícia Civil, o suspeito é companheiro da avó das vítimas. Na casa dele, a polícia ainda encontrou três armas de fogo.


A defesa do suspeito não foi localizada


A prisão aconteceu na sexta-feira (13), após a avó levar a bebê ao médico. De acordo com o delegado Arthur Fleury, que investiga o caso, após atender a criança e identificar lesões na vítima, o médico acionou o Conselho Tutelar, que repassou o caso à polícia.


“A bebê foi ao médico, porque a avó viu que ela estava chorando bastante e a levou ao médico para ver o que era. O médico constatou um sangramento, e a gente foi atrás e encontrou esse senhor, que morava com a avó das duas crianças”, disse o delegado.

Continua depois da Publicidade



Já em relação à suspeita de que o homem também tenha abusado sexualmente da irmã da bebê, o delegado explica que a menina já relatou a parentes que o companheiro da avó teria mexido nas partes íntimas dela. “Isso é algo que ainda estamos investigando e ainda vai ter que ser ouvido por um psicólogo”, relata.


No Instituto Médico Legal (IML) não foi constatada a conjunção carnal, no entanto, após diligências e oitivas de testemunhas, a polícia constatou a prática de atos libidinosos e fez a prisão em flagrante, já que o suspeito também já tem passagens por estupro de vulnerável.


“Através das provas testemunhais e por ele já ter passagem pelo mesmo crime, eu fiz o flagrante, convertido em prisão preventiva pela juíza de Guapó”, contou.


Ainda segundo Fleury, a família das vítimas está colaborando, tanto a mãe quanto a avó. “Elas foram bem ativas nessa situação, hora alguma elas tentaram encobrir nada, pelo contrário, procuraram a ajuda da polícia”, afirmou o delegado.


Além de responder por estupro de vulnerável, o idoso também responderá pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. Se for condenado, ele pode cumprir pena de até 15 anos de prisão.


Com informações do G1


0 visualização
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.