NA CADEIA! 'Don Juan' acusado de dar golpe em mais de 30 mulheres no DF e em Goiás é preso

A corporação afirma que o "Don Juan" causou um prejuízo de R$ 1 milhão às vítimas.

Um homem de 47 anos que estava foragido da Justiça foi preso, em Iporá, região oeste de Goiás. Segundo a Polícia Militar, Raimundo Nonato Silvério deu golpe em mais de 30 mulheres no Distrito Federal e em Goiás. A corporação afirma que o "Don Juan" causou um prejuízo de R$ 1 milhão às vítimas.


“Ele se aproximava das mulheres nas redes sociais, ganhava a confiança delas e dava o golpe, se aproveitava para furtar pertences e realizar empréstimo no nome delas. Depois disso, ele sumia levando tudo. Ele disse a uma das mulheres que era advogado de uma multinacional”, conta o tenente da PM Ariel Anselmo de Oliveira.


A prisão aconteceu na última segunda-feira (17). Segundo a PM, ele foi localizado após informações de que um homem com atitudes suspeitas estava em uma residência no bairro Jardim Arco Íris, em Iporá. Um carro também foi apreendido, pois, de acordo com a corporação, pode ser de uma das mulheres lesadas por Raimundo.


“Esse cidadão, 'Don Juan', foi abordado em uma casa onde acontecia um churrasco. Ao chegar ao local, após abordagem, descobrimos que Raimundo tinha mandados de prisão em aberto por estelionato no Distrito Federal e em Goiás. Ele esteve em Goiânia para conhecer uma mulher, com quem teria iniciado um relacionamento pela internet”, disse o tenente.


Raimundo foi encaminhado para o Presídio de Iporá. A Polícia Civil de Goiás informou que ele tem passagens por estelionato, embriaguez no volante, desobediência e desacato. Os inquéritos instaurados para investigar as denúncias já foram concluídos.


Com informações do G1


205 visualizações
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon
leão icone.png

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.