No Dia Nacional do Motorista, Detran-DF faz blitze educativas na Rodoviária do Plano Piloto

Segundo o diretor-geral do Detran-DF, Zélio Maia, as iniciativas de educação no trânsito são devido o aumento do fluxo de veículos nas ruas com a retomada das atividades econômicas


Motorista de ônibus, Ane Cleia Barbosa conhece bem a responsabilidade que tem ao volante. Há três anos conduzindo coletivos com destino a Planaltina, ela reclama que tem aumentado muito o número de pessoas dirigindo e teclando mensagens ao celular.


Ane Cleia lamenta que muitos motoristas insistam em usar o celular enquanto dirigem / Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília



“Direto a gente vê alguém freando de vez, ou fazendo bobagens. Pode ver que está com o celular na mão”
Ane Cleia, motorista de ônibus

A reclamação dela é um dos motes da campanha de conscientização que o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) levou às ruas nesta semana. Além dos aparelhos telefônicos, entre os vilões do trânsito seguro estão o álcool, a velocidade excessiva e a falta de atenção à sinalização, principalmente de faixas de pedestres.


“Direto a gente vê alguém freando de vez, ou fazendo bobagens. Pode ver que está com o celular na mão”, garante a motorista, que participou neste sábado (25) de uma palestra que o Detran-DF promoveu na plataforma inferior da Rodoviária do Plano Piloto, em celebração ao Dia Nacional do Motorista.


No local, além das orientações sobre condução segura, monitores de educação de trânsito distribuíram exemplares do Código de Trânsito Brasileiro, máscaras descartáveis e folderes orientativos. Iniciativa bastante elogiada por quem participou.


“É um assunto que é sempre bom lembrar”, destaca Erminio Ribeiro, motorista de ônibus com mais de 30 anos na função. “A gente está nas ruas vendo tanta coisa errada que, às vezes, até acostuma. Mas não pode, né? Parar para ouvir e reciclar é sempre bom”, completa.


O diretor-geral do Detran-DF, Zélio Maia, fez questão de prestigiar a ação. “Com a retomada das atividades econômicas, o fluxo de veículos nas ruas está voltando e, por isso, estamos intensificando as iniciativas de educação de trânsito”, explica.



Segundo o diretor, o volume de veículos nas ruas, que chegou a cair 68% no início da pandemia de Covid-19, já retorna à normalidade. “Hoje temos uma frota de mais de um milhão e meio de carros transitando pelo DF. É um número muito grande”, contabiliza.


“Aqui estamos falando com os motoristas profissionais, mas estamos programando blitze em vários outros pontos da cidade para reforçar que o grande protagonista do trânsito, o motorista, respeite as leis e dirija com responsabilidade, sempre”, sentenciou.


Reforço na fiscalização

Ainda segundo Zélio Maia, na próxima semana o departamento de trânsito começa a instalar, em vários pontos do DF, uma sinalização horizontal diferenciada. Trata-se de adesivos que serão colados no chão, a 50 metros da faixa de pedestre, para reforçar o alerta da travessia.


“Serão mais de 3 mil (adesivos). A ideia é renovar a importância da faixa de pedestres, que é ato de muito orgulho para todos os brasilienses”, destaca.


O diretor-geral adjunto do Detran-DF, Gustavo Amaral, explica que o adesivo será uma reprodução da placa de sinalização de trânsito. A ideia, segundo ele, é atingir particularmente a nova geração de motoristas.


“Queremos redobrar a atenção de quem está tomando o volante agora. Que ainda não se familiarizou com o trânsito da cidade”, defende Gustavo.


Com Informações da Agência Brasília




0 visualização
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.