Pacientes do entorno não são atendidos no DF, segundo Hildo do Candango

Atualizado: Mai 15

Segundo Hildo do Candango, presidente da (AMAB) e prefeito de Águas Lindas de Goiás atualmente, não existe nenhuma regulação para encaminhar pacientes do Entorno para Brasília.



O presidente da Associação dos Municípios Adjacentes à Brasília (AMAB) e prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango, representando os 33 municípios que a compõem informa que o governador de Brasília, Ibaneis Rocha está apenas oficializando o que já é praticado.

Segue a Nota Oficial

Atualmente, não existe nenhuma regulação para encaminhar pacientes do Entorno para Brasília. O que geralmente acontece na prática é os pacientes buscarem atendimento no Distrito Federal munidos do endereço de algum amigo ou parente que mora na capital. Vale ressaltar que o Sistema Único de Saúde (SUS) é universal e não pode negar atendimento a ninguém. Além disso, Brasília é a capital do país e possui o sistema de saúde, bem como a educação e a segurança bancada pelo Fundo Constitucional, ou seja, com recursos da União (oriundo dos impostos dos todos os Estados e Municípios brasileiros), privilégio esse, exclusivo apenas ao Distrito Federal que goza dessa regalia. Além disso, a maioria dos pacientes que buscam atendimento nos Hospitais de Brasília são moradores que trabalham na capital federal e residem no Entorno, ou seja, o paciente muitas vezes está trabalhando no DF que é carente de mão de obra e quando necessita de atendimento médico tem esse direito negado e precisa se deslocar mais de 200 quilômetros para buscar ajuda em Goiânia. Continua depois da Publicidade

Para isso, se faz necessário uma grande mobilização junto ao governador Ronaldo Caiado e a bancada de deputados e senadores de Goiás em conjunto com o presidente da República para que possa através do Congresso Nacional também destinar uma parte do Fundo Constitucional aos municípios do Entorno do Distrito Federal para melhorar as condições de atendimento e não sufocar o sistema de Saúde do DF. A decisão do governador Ibaneis é vista com estranheza, pois o cidadão do Entorno chega à capital do país e é tratado como um estrangeiro sem o amparo e os cuidados devidos assegurados pela Constituição Federal. Infelizmente a região do Entorno de Brasília sofre ainda com a falta de hospitais de referência que possam atendê-los, e com os baixos recursos disponibilizados para a saúde básica dos municípios. A Região Metropolitana dos Municípios do Entorno do Distrito Federal pedem ajuda, pois vidas precisam ser preservadas e para isto as ações precisam ser imediatas, não podemos deixar que o coronavírus se prolifere pela nossa região como tem acontecido em tantos outros lugares do mundo. O presidente da AMAB, Hildo do Candango e os demais prefeitos que compõem a associação se colocam à disposição para que, juntos possam atuar de maneira eficaz para assegurar a saúde de todos os moradores do Entorno. Os Municípios Adjacentes á Brasília (AMAB) são: Abadiânia, Água Fria de Goiás, Águas Lindas, Alexânia, Alto Paraíso, Alvorada do Norte, Barro Alto, Cabeceiras, Cavalcante, Cidade Ocidental, Cocalzinho de Goiás, Corumbá de Goiás, Cristalina, Formosa, Flores de Goiás, Goianésia, Luziânia, Mimoso de Goiás, Novo Gama, Niquelândia, Padre Bernardo, Pirenópolis, Planaltina, São João d’Aliança, Simolândia Santo Antônio do Descoberto, Valparaíso, Vila Boa e Vila Propício, de Goiás, e as cidades mineiras de Arinos, Buritis, Cabeceira Grande e Unaí.


Por Marcos Alexandre




0 visualização
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.