“Se eu negociar alguns bilhões com essa imprensa, tudo isso acaba?” Diz Bolsonaro

Presidente também classificou o vídeo da reunião ministerial como "fiasco" e negou a existência do gabinete do ódio

Em uma postagem em suas redes sociais na manhã de hoje, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a criticar o trabalho da imprensa, dizendo que "dezenas de fake news" são produzidas diariamente contra ele. Jair Bolsonaro também questionou se isso acabaria caso ele negociasse "bilhões de reais" em propaganda com os veículos de comunicação.













O presidente também classificou como "o maior dos fake news" o chamado gabinete do ódio que, segundo ele, foi inventado pela imprensa. De acordo com reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, o suposto gabinete é formado por assessores do Palácio do Planalto comandado pelo filho do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).


Por Marcos Alexandre




176 visualizações
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon
leão icone.png

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.