Sobre isolamento presidente afirma; ''Se fosse comigo seria diferente''

Na manhã desta terça-feira (12) acompanhado de ministros, Bolsonaro participou de cerimônia de hasteamento da bandeira nacional

O presidente Jair Bolsonaro participou da cerimônia de hasteamento da bandeira nacional na manhã desta terça-feira (12) em Brasília. Questionado por um apoiador sobre a situação de São Paulo, Bolsonaro disse que adotaria medidas diferentes das atuais. "Os prefeitos têm que conversar com o João Doria, porque o Supremo deu poderes para ele decidir", disse. Bolsonaro fez referência à decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que determina que estados e municípios estão autorizados a definir as regras para o isolamento social e restrição de transporte e trânsito em rodovias durante a pandemia de coronavírus.



"Se fosse comigo seria diferente", afirmou.

O estado de São Paulo prorrogou a quarentena até o dia 31 de maio deste ano. O presidente também disse que é preciso tratar do vírus e da economia ao mesmo tempo. Ao tratar "só de um (assunto), os problemas se avolumam". Questionado por um apoiador sobre a volta ao trabalho no estado de São Paulo, o presidente afirmou que os prefeitos precisam conversar com o governador João Doria sobre o assunto. Além do presidente, alguns ministros estavam presentes na cerimônia, como Paulo Guedes (Economia), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) e Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia).


Por Marcos Alexandre com informações do R7


101 visualizações
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • White Twitter Icon
leão icone.png

LEIA PRIMEIRO

© 2020 POR MARCK PUBLICIDADE.